Johnny resultado da loteria dos sonhos, processo de divórcio de Depp, perda de indicação e endosso para o cinema, “1 marca foi contra o vento para protegê-lo” motivo revelado

A superestrela de Hollywood Johnny Depp (Johnny Depp) e sua ex-esposa Amber Heard (Amber Heard) estavam anteriormente envolvidos em um acalorado processo de divórcio.No final, o marido ganhou o processo, mas naquela época Johnny Depp não só perdeu muitos empregos porque do processo, sua reputação também atingiu o fundo do poço, mas a marca de moda esports clube bahia Dior continua cooperando com ele.Recentemente, ele também expressou publicamente sua gratidão, o que inesperadamente atraiu a atenção. Johnny Depp já esteve envolvido em um caso de violência doméstica e foi afastado de filmes como “Fantasy 6” e “Monsters and Dumbledore’s Secret”. Muitos fabricantes também optaram por interromper a cooperação, mas a Dior continuou a cooperar apesar do vento. o porta-voz. Entende-se que o motivo da decisão da Dior é que depois que Johnny Depp assumiu como porta-voz do perfume, o perfume bateu o recorde de venda de um frasco em 3 segundos em 2021, trazendo lucros incríveis para a Dior.

Veja esta postagem no Instagram
<div style=" background-color: #F4F4F4; border-radius: 50%; flex-grow: 0; height: 20px; width: 20px;"

Postagem compartilhada por Dior Official (@dior)

A esse respeito, Johnny Depp expressou pessoalmente sua gratidão à marca Dior quando foi recentemente entrevistado pela mídia estrangeira. “Para mim, nos tornamos uma espécie de parceria pessoal.” “Eles sempre foram Por me apoiar, por apostarem em mim, por depositarem tanta confiança em mim, por me apoiarem e acreditarem em mim do fundo de seus corações, sempre lhes deverei um favor e serei leal a eles. 》

Veja este post no Inscampeonato brasileiro série dtagram

</div

Postagem compartilhada por Dior Beauty Official (@diorbeauty)

Na verdade, o astro de Hollywood Johnny Depp e sua ex-esposa Amber Heard entraram com um processo por difamação um contra o outro. Originalmente, a mulher se recusou a aceitar o veredicto e ameaçou apelar. Mais tarde, um artigo repentino afirmou que os dois haviam chegado a um acordo e que a mulher não precisava pagar uma indenização de US$ 10,35 milhões (cerca de NT$ 300 milhões), mas o caso foi resolvido com a seguradora de Amber pagando a Johnny 1 milhão de dólares americanos (cerca de NT$ 30 milhões). Johnny Depp também disse que nunca esteve nisso por dinheiro, mas só esperava que a verdade fosse revelada e pagasse a indenização. Doe para caridade.

Deixe um comentário